2 de Março de 2010

Cascawines na Wine O´Clock

Dos novos projectos vínicos que viram, ultimamente, a luz no nosso belo burgo, há um que, me tem cativado sobremaneira. Cascawines de seu nome, esta é a visão de dois jovens enólogos que cansados do mesmismo nacional decidiram criar um projecto próprio que lhes desse liberdade de criar e comercializar os vinhos (na 1ª pessoa) segundo a sua concepção do néctar. Para isso, fazem vinhos, em quantidades liliputianas, em quase todas as regiões do país. Fazem-nos ligando a tradição com a modernidade, num equilíbrio brilhante. Fogem do estabelecido e do instituído como o diabo da cruz e isso, como sabem, só me faz gostar ainda mais deles.

Muito poderia aqui falar sobre o projecto, mas não há nada como vocês mesmo provarem o resultado do seu trabalho… Como? Encontrem-se com o Helder  no dia 12 de Março, sexta-feira Wine O’Clock em Lisboa pelas 19h. Segundo ele me contou, vão estar em prova todos os Monte Cascas (os melhores vinhos da gama) Incluindo o Fernão Pires e o Malvasia de Colares, dois vinhos que o malandro sabe, estou super curioso para provar. O bom disto é que a prova estará aberta a todos os interessados. Logo, de que estão à espera? Mandem mail ao homem a confirmar a vossa presença.

Fica em baixo algumas hiperligações úteis:

http://cascawines.com/

http://cascawines-cw.blogspot.com/

3 comentários:

wine food & co. disse...

Considero-me um fã do projecto CascaWines! O malvasia de Colares também me anda a despertar o interesse há muito! Da gama deles, em ondas menos consen Arinto suais, destaco o fermentado em barrica, que veio do Minho (já se combinou este com sobremesa, resultou! Bem!), o vigoroso A.B. do Alentejo, naquele estilo Mouchão, e o branco, aliás, brancos, do Douro, tanto o colheita como o reserva são fantásticos, mas a amplitude gastronómica do Reserva... Espero um branco Bairrada agora!

upwinefood disse...

Esteve lá? Como foi?

Hugo Mendes disse...

Caro,
Estive fora desde quinta-feira, não tinha como ir, mas vou perguntar como correu!