17 de maio de 2010

Quero fazer parte da solução!


No vinho, tal como na vida, gosto de viver entre a velha Bretanha e a brumosa entrada de Avallon. Gosto de uma realidade assente no sonho!
Não! Não estive a beber, nem isso faria diferença, pois, quanto ao vinho diz respeito, vivo num constante estado de embriaguez mental que me inspira a certeza de que é o amor o componente principal de um vinho!
Gosto de olhar para trás e perceber que o carinho na escolha das uvas, os longos dias isolado do mundo, o somatório de pequenos cuidados, os sacrifícios vários realizados ao longo de um ano inteiro, são, os verdadeiros artífices na concepção de um grande vinho!
Mesmo sabendo que os tempos são difíceis, que atravessamos uma crise monumental, Tanto económica como de identidade, de valores, de massa crítica capaz de fazer deste um sector com futuro, mesmo assim, sinto-me feliz por ter escolhido este caminho e não outro!
Estou certo de que faço parte solução e, só por isso, sinto-me muito, mas muito feliz!

2 comentários:

Nuno disse...

E sendo uma escolha tua, fazes muito bem em acreditar nela. Só os que acreditam é que vencem, os outros, passam por ela.

Hugo Mendes disse...

às vezes é dificil, mas a leitura deste manifesto ajuda a focalizar!
Abraço!