18 de agosto de 2011

Adegga - Revolução na forma de escolher um vinho.

Nestas coisas da internet, sou, por falta de oportunidade, lento a chegar às coisas. Levo mais tempo que os demais a debruçar-me sobre as novidades, a estuda-las e a perceber o que de benéfico fazem pelo mundo, ou por mim.
O site Adegga é uma dessas descobertas tardias, não porque só agora tenha tomado conhecimento sobre ele, mas porque só agora entendi para “que serve aquilo”.
Basicamente, entendo-o como uma espécie de rede social, onde podemos descarregar as nossas apreciações sobre os vinhos que provamos e também consultar as apreciações sobre os vinhos que pretendemos comprar. É, substancialmente melhor que consultar um guia, uma revista ou um blogue isoladamente, na medida em que não dependemos de uma única opinião, mas sim de um quorum. Para mais há a questão da utilização. Reparem:
Estou no supermercado, vejo uma garrafa do vinho Quinta da Mais Velha e vou ao Google procurar. Tenho de fazer a triagem de informação e, no fim de algum tempo perdido lá encontro um blogue a falar do vinho. Por azar, nem é aquele de quem eu gosto mais. Ir directamente ao site ou ao blogue que sigo também dará algum trabalho. Ir ao site do produtor não me diz nada…
Por outro lado, com um simples código QR ou Avin no rótulo, sou direccionado para um página do site Adegga, onde encontro a apreciação de várias pessoas. Limpo e rápido!
Qual o método que escolheriam?
Será que isto só é óbvio para mim? Se não, porque raios ainda não se lembraram os bloguers e os críticos (do mundo) de lá ir descarregar massivamente as suas  notas de prova e avaliação que teimam em manter dispersas pelos seus espaços individuais. Será que nunca mais entendemos que o esforço comum favorece o indivíduo mais do que o trabalho isolado?
Eu acho que blogueiros e críticos têm tudo a ganhar publicando também as suas apreciações no Adegga. Um tipo que me aparece repetidamente nas apreciações que consulto é alguém que me fica na retina. Vou lembrar-me dele. Não é à toa que todos os manuais sobre Social Media Marketing nos mandam estar presentes, de forma activa nos mais variados sítios. Aumento a minha nuvem de interacção e dou visibilidade ao meu espaço.
Mais importante ainda, o site Adegga retribui o “favor” através da apresentação de um perfil do provador, com possibilidade de lá colocar o nosso endereço (sempre o mais importante – direccionar pessoas para o nosso espaço) e permitindo ainda credibilizar o provador com seguidores.
Querem mais?
Ah! E os produtores também poderiam começar a não dispensar a incorporação dos ditos códigos na rotulagem.
A participação em massa, por parte do consumidor comum, penso, é apenas uma questão de tempo.

3 comentários:

Ricardo disse...

Usa e abusa do Adegga, a comunidade tem todo o gosto em poder ajudar no quer for necessário.

Hugo Mendes disse...

A comunidade é tanto mais formte quanto mais participação individual tiver. Eu contra mim falo, pois não ponho lá notas de prova (fico sempre na dúvida se deva!).

Ricardo disse...

Acho que deves participar sempre que te sentires à vontade para o fazer.
Sem duvida quantos mais participarmos, melhor será o resultado.

Aguardo pelas primeiras notas de prova e pelos primeiros vinhos partilhados.