2 de Fevereiro de 2012

TWA – Prémios 2011


A caça aos prémios é uma época muito interessante no meio vitivinícola nacional. Começa com os post de fim de ano nos blogs em que se elegem os vinhos que mais agradaram a cada umbigo durante os ultimos 365 dias. Coisa importante! Passa para os galardões do Aníbal, entremeia com os prémios do Norte,… ã? O quê? o Alentejo também tem sempre lá qualquer coisinha? Ok! Está bem pronto. Chamemos-lhe os prémios da Wine, pode ser? Toda esta maratona de recompensas pelo árduo trabalho de um ano termina com os míticos prémios da Revista de Vinhos.
Apelidados de Óscares do vinho, são sem dúvida os de maior importância na vida socio económica do sector... ao nível interno.
Denoto que há aqui uma outra corrida, e esta é entre os atribuidores de prémios. Todos querem ter contas fechadas antes da gala dos Óscares. Todos aspiram a ser os globos de ouro, a antecâmara.
Profícuo que sou nas ideias para preencher espaços vazios, quase sempre idiotas, apercebi-me de que nem os críticos nem os blogs são, por sua vez submetidos ao escrutínio do povo. Bem sei que o mote não foi meu, mas a ideia anda há muito por cá e em jeito de brincadeira, alinhei e ampliei a deixa do Pingus Vinicus, esse personagem lynchiano ( de David Liynch) que “manda” na blogosfera Lusa.
Deixemo-nos de merdas. Corremos contra o tempo, talvez impelidos por essa sangria que é a de ter, também,  vencedores antes da Revista de Vinhos. Publicaram-se inquéritos na comunidade TWA no facebook e quem quis votou, adicionou e comento o que bem entendeu. Um exemplo da mistura purista entre a Anarquia e a Democracia que reina nas redes sociais (será que é mais Sinarquia?).
O resultado não tem validade estatística. Absolutamente nenhuma. Mas vale pela graça. Vale pelo facto que corresponder quase na totalidade aquelas que seria as minhas próprias opções. Vale pela desconcertante assertividade dos argumentos. Enfim, vale porque eu quero que valha!
Deixo a promessa, escrita, de que para o ano é a sério e com novas categorias.


Os grandes vencedores foram:

- Melhor Bog 2011 – Pingas no Copo
- Melhor Post 2011 – Esteva 2010 – João à mesa
- Blog Revelação 2011 – E Tudo o Vinho Levou
- Melhor Critico/escritor/Jornalista – Rui Falcão


Parabéns a todos, principalmente aos que participaram!

2 comentários:

Rita B. Maia disse...

Foi muito boa a iniciativa, Hugo. Obrigada a ti e ao Pingus Vinicus.

A verdade é que ao votarmos trocámos impressões. Como outras iniciativas tuas, estes "prémios" uniram-nos e fomentaram o diálogo. E nisso somos todos vencedores! (Um pouco lamechas esta última frase)

Hugo Mendes disse...

Obrigado Rita. a ideia passa por abordar assuntos sérios, sempre de forma leve e humoristica. è importante que respeitemos e saibamos promover o bom trabalho dos nossos pares. aprender em conjunto e desconstruir para evoluir. união, cinergia, cumplicidade, enfim. se conseguimos isso ganhamos todos!
(Vês? ainda mais lamechas!)