12 de março de 2012

Desafios da Adega


Roubei esta imagem do site do projecto. O autor é o Daniel Matos.


Parece que este projeto comemora hoje um ano de atividade.
Não poderia deixar passar o momento sem escrever umas linhas sobre a minha experiência com eles.
Tive a oportunidade de os receber na Quinta da Murta, onde trabalho como enólogo, no passado dia 04 de Fevereiro. Para mim, era mais um grupo, apenas com a vantagem de conhecer razoavelmente bem os “agregadores” (Diogo Rodrigues, Jorge Nunes e Daniel Matos) e sabia de antemão o que pretendiam.
Nada me preparou para o que aconteceu. Não irei estar com muitos redeios. Resumo:
Fui informado de que viriam cerca de 20 pessoas. No dia passaram os 30 e um pequenino. É impressionante, pois costuma ser ao contrário, marca-se para 20 e aparecem 10. Resultado: 0-1, vantagem para os visitantes.
Todos pagaram alegremente o que lhes foi proposto e compraram quase igual valor em vinho. Não me envergonho. Isto é um negócio, mesmo que possamos tirar prazer disto, há salários e contas para pagar. Resultado: 0-3, ippon para os visitantes.
Grupo interessado, muito curioso pelo pormenor, animado, responde tanto à provocação como ao pedido de crítica honesta. Resultado: 0-4, humilhação para o visitado.
Souberam apontar defeitos à visita, pontos a melhorar, mas tudo de uma forma construtiva. 0-5….. Paramos por aqui? Não…. Falta mais uma.
Neste grupo viajam pessoas muito ativas nas redes sociais, blogs, twitter, facebook,... O buzz  foi intenso e durou cerca de uma semana. Resultado: 0-10 (Esta vale bem 5 pontos).
Conclusão óbvia: Este é um grupo  que os produtores deveriam convidar, pedinchar, rebolar, para ter a visitar os seus projetos. Gostam de saber da paixão. Gostam de perguntar pelos pormenores e não estão para mamar mais umas garrafas, mais uns vinhecos e, se possível ainda levar umas borlas.
Gravem este nome. Desafios da Adega. Para mim, um projeto enófilo da mais elevada qualidade.
Muitos parabéns, continuem com o bom trabalho. 

4 comentários:

airdiogo disse...

Obrigado Hugo pelas palavras e obrigado também pela maneira e disponibilidade como nos recebeste na Quinta da Murta.

Fica 5-10 para não parecer tão...

Jorge Nunes disse...

Obrigado Hugo :)

Hugo Mendes disse...

Meus Caros, não agradeçam, pois não foi favor nenhum! Apenas continuem no bom caminho.
somos nós, os produtores/enólogos e os consumidores quem tem de agradecer!

Daniel Matos disse...

Obrigado pela descrição "dos bastidores" :)

Grande abraço!