23 de março de 2012

Porque hoje estou para aqui virado.


O alinhamento estava feito, até porque vou passar a próxima semana  fora e preciso ter esta coisa organizada para continuar a publicar com o ritmo certo dos últimos meses. É um compromisso meu!
Contudo, hoje acordei nostálgico. Bem não foi bem ao acordar, para ser franco foi mesmo quando passei os olhos pelo facebook (coisa que faço, sem vergonha, enquanto como os cereais). Das mensagens de parabéns que lá tinha, havia mais do que uma referindo um propenso sucesso em progresso (isto em Português não soa tão bem).
Aquilo tocou-me, pois apesar de achar que estou ainda longe do primeiro degrau, achei que aquelas pessoas estão, de certa forma a torcer por mim, pela minha carreira e pelo meu sucesso.
Se há coisa que me atormenta, é esta mania Portuguesa de achar que a sobranceria nos faz mais fortes, que a demonstração de sentimentos nos enfraquece e que o reconhecimento a quem nos dá forças é um apontamento de pontos fracos.
Por não pensar assim, quero agradecer a todos os que torcem por mim e me dão força. Se algum dia conseguir um feito digno de figurar nos livros de história, se atingir a imortalidade Kundérica, quero que saibam que foi um trabalho de equipa. Entre mim e voçês!
Muito obrigado!
Beijos e Abraços
Hugo Mendes

Sem comentários: