8 de março de 2012

Quinta Social



Aproxima-se mais um aniversário (meu, não do blog). Não sei se por isso, mas ando nostálgico face ao tempo que não tenho para colocar em prática todas as ideias que me surgem. Nem duas vidas chegariam para transformar em projectos todas as epifanias que me vão passando pela cabeça.
Desta feita, e porque também o espírito de partilha se apoderou definitivamente de mim, resolvi criar mais uma tag, Ideias Gratis, onde vou oferecendo a todos vós, aquelas que não tenho como executar. Pelo menos para já, muito menos sozinho.
A primeira é a Quinta Social. Do que se trata? Muito simples:
Baseado no espírito Social Media, construir-se-ia uma rede social onde cada perfil corresponderia a um membro de administração de uma empresa vitivinícola que existisse na realidade.
Na rede seriam relatados os passos do dia-a-dia. Possivelmente seriam instaladas câmaras em todo o lado a transmitir para o sítio online e cada membro teria direito ao voto nas decisões mais importantes. Como qualquer rede social, iriam utilizar-se os talentos individuais dos seus membros e teria de inicio uma estrutura simples para permitir que a complexação se fizesse ao sabor das vontades dos associados.
No fim, cada um teria direito a um quinhão de vinho e seria responsável também pela venda de algumas garrafas (em quantidade simbólica, claro).
Para além de todas as vantagens óbvias teria ainda uma componente de formação de consumidores, diria eu, inigualável.
Em traços gerais era isto. Como ideia preliminar era isto. Porque não avancei? Porque não estamos nos Estados Unidos (mas pensei em centrar a coisa lá!), estamos na Europa, estamos na faixa Latina, onde os projectos ousados e inspirados pela loucura, ou têm uma forte injecção de capital que lhes permite o arranque e a sobrevivência na fase incrédula, ou então servem apenas para isto. Mais um post hilariante!

2 comentários:

Jorge Nunes disse...

Excelente post e excelente ideia Hugo, Parabéns.

Hugo Mendes disse...

Obrigado Jorge!