9 de abril de 2012

Planeta Vínico



Segundo a própria descrição, trata-se de um agregador de blogs Portugueses, escritos na língua mãe. Diz ainda que agregará os melhores…. Bom, isso já não sei se conseguirão, é que meteram lá o blog, deste que vos escreve, logo.... 
A ideia parece simples, certo? Um espaço onde se agregam coisas boas sobre o vinho. Boas no sentido da qualidade de conteúdos, parece-me. Será, por isso uma mais-valia.
Criarão inimizades? Com certeza, ninguém gosta da rejeição, contudo, estou plenamente de acordo que não se agregue tudo e mais alguma coisa. Que existam critérios e que a validade de um blog seja ponderada. Concordo até que a proposta de adesão parta dos autores dos blogs. .É duro. Será chato eu sei, mas é fundamental quando se quer premiar o trabalho sério e competente. Um pouco mais disto nas empresas e nos governante Portugueses e seriamos um pais de excelência.
Não vale a pena expraiar muito assunto por agora. O projecto é novo, parece-me bom e leva o selo de confiança TWA.
Vão acompanhando e com o tempo, tirem as vossa próprias conclusões.

3 comentários:

Anónimo disse...

Como sempre gosto da irreverência.É o que falta neste país em que a maioria tem mania que sabem tudo e usam os Dr. para tudo. Gosto de vinho, mas reconheço que sou uma nabiça na àrea e tornei-me leitora assidua para aprender.Caramba já viajei por todo o mundo, fiz duas licenciaturas, mestrado e estou num doutoramento. exerço uma profissão maioritariamente masculina e sinto que não sei nada e tenho de aprender mais. Irrita-me ver o povo português conformado. Voltando aos vinhos... bem como virgem nestas andanças apenas sei que o que chama atenção neste blogg é a forma como é dado o conhecimento a leigos como eu de forma, simples, directa e com um toque de humor. Não é um blogg maçudo mas como tudo na vida a perfeição não existe e há alguns posts que sinceramente passo à frente. Bem já falei demais como de costume. Alda

Hugo Mendes disse...

Minha cara Alda,

Não tenho nunca a veleidade de me achar, sequer, perto da perfeição. Quando olho em frente, vejo tanto caminho, com tanta bifurcação que chego a assustar-me.
No entando, tenho, como qualquer ser, humano e imperfeito, as minhas idiossincrasias. Como tal, jamais a minha perfeição seria encarada como perfeição aos olhos dos outros. Tal como nos genes,também nos memes somos únicos. (http://pt.wikipedia.org/wiki/Meme)
Não concorda?
(fiquei na duvida se o seu comentário se referia a este blog especificamente, se ao agregador citado!)

Anónimo disse...

Caro Hugo.Respeito-o demais pelo bom trabalho que tem feito. Nao acho perfeito. Caramba a perfeição é chata. Não se assuste pelas bifurcações, porque o mssmo se passa comigo. Começei uma carreira na arqueologia, as coisas correram bem até haver cortes do governo. Lá tive que mudar de carreira, jornalismo e ai corri tudo, e conheci muitas mentalidades, mas queria voltar para casa e jamais pemsei acabar em ser inspectora. Um mestre meu na universidade dizia que quando produziamos ciència seja de que àrea for deve ser dirigida para todos e não para uma élite. Deviamos sair da zona de conforto, universidades, laboratórios e dá-la a conhecer.É que o fazes no teu blogg, torna a tua arte apelativa e acessivel para todos. A minha critica é contra as mentes tacanhas que temem tudo que é diferente. Continua.Não vai ser fácil,haverá muita luta. Mas caramba vais ver que vale a pena. Não há maior sensação do mundo quando dizemos. Conseguimos. Não há nada como uma boa luta..Alda