15 de junho de 2012

Champagne – The History and character of the world´s most celebrated wine



By Serena Sutcliffe
Comprei, juntamente com este outro, logo que me apaixonei pelo caracter histórico desta maravilhosa forma de fazer vinho. Já o disse muitas vezes, cá vai mais uma. Sou apaixonado pelos vinhos espumantes pela improbabilidade que é a sua existência, pela fragilidade da concepção, pela necessidade total e absoluta de técnica, pelo forte pendão intuitivo, pela necessidade de balanço e bom senso que exige do enólogo.
Este volume, dado à estampa nos finais dos anos 80, beneficia de todo o colorido que as modernas tecnologias começavam a permitir. Imagens a cores e reproduções de fotografias enchem as páginas como que a gritar a recente conquista tecnológica. Cai, do ponto de vista estético, na piroseira tipica dos anos 80.
O livro em si é muito rico, completo e multifacetado. Para além das questões habituais, (historia e descrição das colheitas) aborda ainda três outras áreas que muito me agradam. São elas a ligação cultural da bebida, descrição das principais casas (foi aqui que li pela primeira vez que a Krug usava barricas com mais de 80 anos na fermentação dos vinhos base) e um capítulo dedicado à harmonização com comida.
Li de forma corrida, mas, volta não volta consulto alguma questão que preciso relembrar ou algum conselho de que não me posso esquecer. Revisito-o muitas das vezes em que a vida me dá sinais de que me estou a transformar numa máquina, que me estou a afastar do verdadeiro motivo que me trouxe para este mundo fantástico.
Aconselho.

Sem comentários: