12 de outubro de 2013

Wine Gueto - Oportunidades para todos

Foto usada a partir daqui


Há anos que sonho com algo que pensei ser, único, inovador e completamente "nonsense". 
A Utopia do mundo vínico Português,  onde todos, desde que queiram e estejam dispostos ao risco, tenham a sua oportunidade!

A sua raiz vem da minha formação base, a Biotecnologia, com o exemplo do Biocam e outros "clusters" tecnológicos espalhados por esse mundo. Locais onde a criatividade se une ao empreendedorismo,  tudo muito bem regado com generosas doses de colaboração e partilha.

Na génese, trata-se de uma adega grande - ou aglomerado de pequenas adegas - dimensionada para produções pequenas que arrende o espaço e tudo o mais que se precise aos pequenos novos produtores que sonham fazer o seu vinho, a muitos outros que querem apenas experimentar “coisas”,  ou ainda nos casos gritantes das adegas que têm condições para fazer bons tintos, mas falta muita coisa para brancos e espumantes.

Com a explosão de enólogos que houve nos últimos 20 anos, não é de estranhar que a maior parte não ambicione ou não tenha os padrinhos certos para uma brilhante carreira na consultoria e opte por fazer os seus próprios vinhos. Mais customizados e em menor escala, normalmente com maior valor.

São tantas vantagens, que me atropelam os pensamentos! Mas se quiserem, podemos discuti-las, juntamente com as vossas (deixem um comentário!). Destaco, em linhas gerais, a diminuição dos preços de custo, aumento de sinergias,  potencial enoturistico, desenvolvimento acelerado de conhecimento técnico, aparecimento de maior numero de projectos diferenciados e individualizado.

Contra, só mesmo a inercia comum de um povo acomodado e as invejas e tricas provincianas que insistimos em manter.
O sector precisa deste impulso jovial. Deste risco. Deste desenvolvimento. 

Depois vi isto (ao minuto 5:00) e percebi que os Americanos, são do caraças!

Alguém interessado em discutir a ideia?



Sem comentários: