12 de fevereiro de 2014

Coisas que me aborrecem (III)



Gosto muito, quando os rótulos me ajudam a entender o que vinho não é capaz!


2 comentários:

MM disse...

Pois, percebo bem o que quer dizer! Actualmente existem uma série de designações especiais, que estão regulamentadas na legislação nacional e europeia (reserva, colheita seleccionada, etc). No entanto, existem algumas designações que não estão regulamentadas e caem no que é chamado "criatividade do marketing".
Até à pouco tempo o Premium era um desses casos. No entanto, actualmente Premium foi incluído na legislação internacional como designativo especial (apenas os vinhos registados antes de 2013 podem manter essa designação caso a tenham registado como marca)

Hugo Mendes disse...

Muito obrigado pelo comentário.
Para mim começa logo pelo facto das legislações facilitarem o uso dos das designações quase e só... porque sim!