27 de janeiro de 2017

Como vamos proceder à entrega do vinho?



É talvez a questão que mais me tem sido colocada. E é das mais pertinentes!

Ora bem, nesta primeira incursão, gostaria, no limite, de entregar cada garrafa uma a uma, mão a mão. Isso nunca será obviamente possível, por isso a solução mais viável parece-me ser o estabelecimento de parcerias com espaços que se disponibilizem a ser depositários do vinho por um período de tempo a definir. Penso que as garrafarias são as mais facilmente elegíveis para este fim, mas não descarto outros.

Assim sendo, logo que esteja concluída a pré-venda, iniciarei os contactos para ter disponível, nas principais cidades, estes parceiros, se possível, quero ainda fazer em cada local uma prova aberta do vinho, mas isso veremos caso a caso e na altura!

De qualquer forma, com parcerias ou não, eu garanto a entrega do vinho e nos casos especais acordarei directamente com o cliente qual a melhor forma dessa entrega se realizar.

Ninguém pagará mais por isso, ninguém ficará sem vinho. Pedirei obviamente algum jogo de cintura, mas nada transcendente! O ónus disto é todo meu!

Se no meio de vós existir alguém que tenha um espaço e tenha gosto nesta parceria terei muito gosto. Se quiserem podemos ir adiantando assunto. entrem em contacto comigo! 

Não me canso de agradecer o maravilhoso apoio que esta iniciativa tem tido (neste momento já temos mais de 80 apoiantes, patronos, investidores... o que lhe quiserem chamar!). Ando esmagado com isto. Ainda falta um bocadinho, mas acredito que consigamos!
Muito obrigado.

Sem comentários: