28 de janeiro de 2017

Nelson Guerreiro, campeão em título.


Época de nomeados, candidatos, premiados, ... Confesso que é cada vez mais penoso assistir a toda esta miséria, as escolhas despauterada, com critérios dúbios e muitas vezes sem o menor pingo de mérito. Assome-se uma profunda náusea que durante anos julguei ser simples fruto da sinusite do "cair da folha". Mas que raio anda esta gente a fazer?
Um flagelo, um flagelo, um flagelo!

Eis que no meio disto surge a noticia de que o Nelson Guerreiro ganhou o Concurso Nacional de Escanções.

Páro e respiro. 

Ganhou o trabalho porra, ganhou o trabalho! Não digo que o Nelson foi, de entre os candidatos quem mais fez para o merecer, não conheço todos os outros nem o seu percurso, não merecem a injustiça de uma avaliação sem elementos. Não estive lá para ver o desempenho de nenhum deles.  Mas conheço o Nelson e acompanho o seu percurso, a sua evolução, o seu empenho e a sua dedicação ao estudo. Se há quem mereça, ele estará certamente nesse lote.

Não posso afirmar que espero muito dele, que ponho as minhas fichas todas em jogo pois quem me segue sabe que tenho o dom de agoirar tudo o que acho bom (com as minhas previsões de sucesso garantido) e não quero de todo que isso aconteça ao percurso deste meu amigo. Mas se o conheço bem, isto nunca será um fim, é apenas um alento para o próximo passo!

Parabéns Nelson pelas tuas conquistas. Parabéns aos Escanções de Portugal que têm um representante combativo e aguerrido na prova internacional onde os irá representar. 
Que bem que sabe perceber que ainda há esperança para o trabalho e empenho!
E foi-se a sinusite, fónix....!

Sem comentários: