16 de abril de 2017

Vinhas Velhas de Portugal

by: Luis Antunes



O panorama "literário" vínico nacional é pobre em títulos. Principalmente naqueles que possamos considerar de referência. Apesar do vinho estar na moda, as publicações oscilam entre o b-a-bá da prova  e compilados de "estórias" que muitas vezes se esgotam após a leitura. Não é de todo o caso deste livro.

Numa viagem pelo pais vínico, o autor procurou as vinhas velhas, os vinhos correspondentes e as pessoas que os fazem nascer. Gosto particularmente do facto de não se ter remetido ao papel de mensageiro, dando estampa às suas opiniões e emoções. É um livro com vida, rico e cheio de sumo. Para ser bebido de penalti ou tragado pelos seus capítulos, consoante o gosto do consumidor. È seguramente uma das melhores obras a que deitei a mão nos últimos tempos. A mim inspira-me, deixa-me com muita vontade de visitar as vinhas e provar os vinhos. Não encontro melhor elogio que este.
Pouco me importa que digam que a selecção não é perfeita, que outra seria mais representativa, justa ou abrangente. È a escolha do autor, assumida enquanto tal. Isso chega-me!





Para além disso, estamos a falar de uma edição bilingue (Português e Inglês) de colecção. Numerada e feita acompanhar de um conjunto de selos que os CTT (editor) estamparam exclusivamente para a ocasião.
Um livro essencial na biblioteca de qualquer enófilo. 

Parabéns Luis. belíssimo e relevante obra.


Sem comentários: