Lisboa, é marca?




A marca do vinho é Lisboa?
Não, isso não é possível!
Então Lisboa é o quê?
Designação da região de origem.
Então não tentaste registar Lisboa como marca?
Claro que não!
Porquê?
Primeiro porque julgo não ser possível, segundo porque acho perigoso que alguém o fizesse mesmo que fosse.
Porquê?
Porque o registo de Lisboa enquanto marca facilita o "Efeito Pias".
O que é o "Efeito Pias"? É outra vez aquela conversa do Dadaísmo?
Não. Ah Ah Ah!
Então é o quê?
Sabes que Pias é uma freguesia de Serpa, certo?
Sabia que era no Alentejo, mas não sabia que era de Serpa... tem importância?
Nenhuma para o caso. 
Pias, supostamente tinha uns vinhos porreiros e com muita procura.
Ainda hoje...
Pois, isso já não sei se será tanto assim.
Não?
Não! 
Pias tinha uns vinhos porreiros que a malta queria e isso levou uns valentes espertalhões a registar Pias como marca e marcas com Pias.
Não sabia... mas e então, o que tem isso?
Então que no meu caso, só posso usar Lisboa no rótulo se o vinho for certificado pela CVR. Para que isso aconteça, além dos critérios de qualidade, tenho de fazer prova de que o vinho é originário da região. Quem tiver um registo de marca com a palavra Lisboa poderá colocar o vinho que lhe apetecer dentro da garrafa. Foi isso que aconteceu com os vinhos Pias que tanto quando sei, nos dias de hoje, quase nunca são de Pias.
A sério? Não sabia disso.
Pouca gente repara.
Então... isso quer dizer que se fosses dono da marca Lisboa podias vender o vinho que quisesses, nem que fosse vinho espanhol?
Em teoria sim, é isso!
Mas tu não podes fazer isso.
Não. Porque o Lisboa do meu rótulo é, na realidade, um I.G.Lisboa, tal como os vinhos que vês com Dão, por exemplo.
Ora porra... que confusão!
Há quem se dedique a criar confusão porque ganha com ela. É a história da humanidade... parece.
Anda sempre alguém a querer enganar o parente... dass...
Então... e qual é a marca do teu vinho?
Hugo Mendes
E essa já podes usar em todos os vinhos que te apetecer, certo?
lol, sim, tanto quanto saiba... ainda não sou nome de terra, lugar ou monumento.
Ah Ah Ah... tu tens graça!
... Pois tenho!

...

Não te incomoda então que as pessoas chamem Lisboa ao vinho?
Não. Nada. Ao principio incomodava-me a confusão que as pessoas faziam, até pelo que disse acima, mas agora até acho graça. Não tenho vergonha da região
Muito pelo contrário!



Comentários

Mensagens populares